terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Praça Dr. Cândido Motta



Praça Dr. Cândido Motta

Praça arborizada e tranqüila é ótima opção para passeios em família. Ouvir chorinho, MPB e bossa nova já é tradição de moradores e turistas nos finais de semana. A Matriz de Santo Antonio, a fonte luminosa e o relógio do sol, monumento que representa o marco zero da cidade, são os outros atrativos.



Igreja Matriz de Santo Antônio


Dentre os patrimônios localizados na Praça Dr. Cândido Motta, o mais significativo e representativo de sua perenidade é a Igreja Matriz de Santo Antônio, iniciada como capela, no século XVII. As festas e todas as atividades de caráter religioso tinham no largo da Matriz a garantia de seu lugar.
Desde o final do século XVII, a igreja Matriz vem passando por transformações, como reformas e embelezamentos, para melhor atender seus fiéis.
Da mesma maneira, para não destoar, a praça recebe periodicamente, benfeitorias como ajardinamento com passeios, pinturas, calçamentos e iluminação.





Obelisco – Torneira


Na mesma Praça encontra-se um dos mais característicos monumentos da cidade, primeiro da fase republicana e um dos mais significativos para os que aqui residem. Um obelisco, marco inicial de uma nova fase de saneamento básico em Caraguatatuba, com distribuição de água encanada, ainda que não tratada, cuja inauguração deu-se pelo Presidente do Estado de São Paulo, Altino Arantes, em 1919, em visita ao Litoral Norte Paulista.
A partir de então, os costumes da cidade passaram por uma revolução: “as latas de banha” usadas no transporte de água para as residências foram sendo substituídas pelas torneiras domésticas.







Monumento do 1º Centenário –
Relógio de Sol


O monumento fez parte das comemorações do 1º Centenário da Cidade. Foi encomendado ao engenheiro Accacio Villalva, um monumento que impusesse a evocação visual imediata de quão importante o caraguatatubense sentia-se naquele ano de 1957.
Foi construído um outro Obelisco, cuja base apresenta forma de agulha e medindo três metros e meio de altura. Nele, o sol determina a serenidade das horas em Caraguá.





Coreto


O primeiro coreto foi construído na década de 1930 por Dona Belmira Nepomuceno. A pracinha necessitava de um espaço para as apresentações dos festejos populares. Em 1971, na gestão do então Prefeito Silvio Luiz dos Santos, o antigo coreto foi demolido e substituído por um novo.
Em 2005, foi reformado ganhando um novo visual. Toda a reforma teve como objetivo preservar um dos mais importantes patrimônios históricos da cidade que durante décadas tem sido o local de encontro da comunidade, onde muitos eventos culturais acontecem, como a apresentação da Banda Municipal Carlos Gomes.





Fonte Luminosa

No intuito de dar continuidade à política de atração turística às delícias de Caraguá, cogitou-se a construção de uma fonte luminosa, a exemplo de tantas cidades do interior do Estado de São Paulo.
A fonte luminosa foi inaugurada na década de 60 pelo então prefeito Geraldo Nogueira da Silva, o “Boneca”, que a idealizou com suas águas lançadas a muitos metros de altura, dançando ao compasso das notas musicais, colorindo-se de acordo com as emoções proporcionadas pelas sinfonias dos clássicos.





Palmeiras Imperiais



As duas Palmeiras Imperiais se encontram no terreno do antigo Grupo Escolar, hoje Polo Cultural Profª Adaly Coelho Passos.
Em 1941, juntamente com o término da construção do Grupo Escolar, foram plantadas as duas Palmeiras Imperiais, pelo Sr. Francisco D’Onófrio, a pedido do então Prefeito Bráulio Pereira Barreto.
Atualmente as palmeiras medem, aproximadamente, 20m de altura e são apreciadas por todos que passam pelo local.